+ Tim Festival: The Killers faz o primeiro “concerto de natal” do ano em São Paulo

29 de outubro de 2007

Tim Festival - The Killers
Foto: Fernando Gardinali  

Por: Vitor Diniz

Depois de ter visto um bom show do grupo inglês Arctic Monkeys – porém, um pouco abaixo das expectativas – e de todas as outras atrações da noite de ontem do Tim Festival no Anhembi, em São Paulo, o público esperou, bravamente, até às 4h da madrugada desta segunda-feira para delirar com os americanos do The Killers e seus hits certeiros.

Com uma decoração de gosto questionável (que combinava com seus teclados oitentistas) e cheia de luzes que mais pareciam uma rua decorada para o natal, o palco, que acomodou o Killers em seu único concerto em São Paulo, mostrou que Brandon Flowers, o vocalista da banda de Las Vegas, sabe como poucos fazer dele a sua casa. O cantor demonstrou uma noção de palco incrível e emocionou seus fãs.

A platéia paulistana, anteriormente elogiada pelos ingleses do Hot Chip, fez a sua parte e jogou a favor dos americanos. Apesar da maratona de várias horas de shows, ainda tinha energia para cantar e pular acompanhando o empolgado e inquieto cantor do The Killers.


Tim Festival - The Killers
Foto: Fernando Gardinali  

Brandon Flowers mostrou com sua banda que em locais como o Anhembi o grupo parece funcionar melhor com sua proposta de rock-espetáculo. Flowers foi impecável também em outros aspectos como carisma, voz e dress-code. Assim, ele comandou não só seu eficiente grupo, mas também os cerca de 20 mil presentes que resistiam no local quase até o nascer do sol.

Como era de se esperar, hits como “Bones”, “Mr Brightside”e “Somebody Told Me” fizeram os paulistanos mais felizes, e até perto de, digamos, uma certa loucura pop. Mas, ver o Killers fechar a sua ótima atuação com Brandon cantando “All These Things That I’ve Done” em pé em cima de seu teclado e regendo um ainda empolgado Anhembi às 5 da manhã foi mesmo inesquecível…

artigo publicado por popmix
tags